Ar-Ende-Vi


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



Pelo desgosto das Renas
:


Poema para os teus seios

Cerro olhos pra não ver,
e mãos pra não apalpar,
e bocas pra não chupar
teus seios.
Desejo beber teu leite,
azeite de oliva branca,
e provar com minha língua
o macio do teu peito.
E se em inútil trabalho
te afasta a blusa de mim,
eu, por inúmeros meios,
cerro olhos para ver
e bocas para chupar
teus seios.

Leila Míccolis


3 Responses to “Ar-Ende-Vi”

  1. Anonymous tita 

    tirando o azeite de oliva branca, o rodrigues do codex 632 bem q podia vir definir daki o leitinho das maminhas da lena...hihihihi-.... excelente!

  2. Anonymous tita 

    ...lolol o josé rodrigo dos santos...coitado...lololo

  3. Anonymous Eva Luna 

    Obrigada, obrigada, obrigada

Leave a Reply

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


About me

Previous posts

Archives

Amores