Meu dono


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...




Foto de Jürgen Kirchhoff

de ti nada digo
apenas do meu corpo tangível
corola ou tear
das tuas mãos dulcíssimas
:
da tua origem não sei
apenas o que buscas
na olorosa fenda
jubilante e trémula
:
conto do teu silêncio
suspenso e transparente
desenlace lácteo
:
falo da minha boca
visita do teu corpo
de minha pertença
meu dono
meu homem
:
Eva Luna


1 Responses to “Meu dono”

  1. Anonymous Giorgio 

    Este teu poema excitou-me. Sugeres sexo oral depois de foder. Gosto disso.

Leave a Reply

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


About me

Previous posts

Archives

Amores